Apresentação do programa


O Programa Nacional de Suplementação de Ferro consiste na suplementação medicamentosa de sulfato ferroso para todas as crianças de 6 meses a 18 meses de idade, gestantes a partir da 20ª semana e mulheres até o 3º mês pós-parto.

Os suplementos de ferro serão distribuídos, gratuitamente, às unidades de saúde que conformam a rede do SUS em todos os municípios brasileiros, de acordo com o número de crianças e mulheres que atendam ao perfil de sujeitos da ação do Programa.

Objetivo Geral


Reduzir a prevalência de Anemia por Deficiência de Ferro em crianças de 6 a 18 meses, gestantes e mulheres no pós-parto em todo o País.

Objetivos Específicos


- Distribuir doses semanais de sulfato ferroso para crianças de 6 a 18 meses;

- Distribuir doses diárias de sulfato ferroso e ácido fólico para gestantes;

- Distribuir doses diárias de sulfato ferroso para mulheres no pós-parto e no pós-aborto;

- Desenvolver atividades de orientação nutricional para as famílias acompanhadas no Programa, com vistas a fomentar o consumo de alimentos ricos em ferro e hábitos alimentares saudáveis;

- Controlar as formas moderadas e graves da Anemia por Deficiência de Ferro;

- Avaliar o impacto da suplementação de ferro.

Relevância Epidemiológica


A Anemia por Deficiência de Ferro é a carência nutricional de maior magnitude no mundo, sendo considerada uma carência em expansão em todos os segmentos sociais, atingindo principalmente crianças menores de dois anos e gestantes. Embora ainda não haja um levantamento nacional, estudos apontam que aproximadamente metade dos pré-escolares brasileiros sejam anêmicos (cerca de 4,8 milhões de crianças) com a prevalência chegando a 67,6% nas idades entre seis e 24 meses. No caso de gestantes, estima-se uma média nacional de prevalência de anemia em torno de 30%.

  Topo | Voltar

Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição - CGAN - At.
E-mail: cgan@saude.gov.br.

Desenvolvido pelo Núcleo de Tecnologia da
Informação e Comunicação do DAB

Site acessível    Valid XHTML 1.0 Transitional    CSS validado pela W3C

Este site é acessível e está de acordo com os padrões W3C de HTML
e CSS e possui o selo brasileiro de acessibilidade.